Bastidores “Vagalume” Eparema

Comentários

www.eparema.com.br

Filme: Vagalume


Release

O Programa Avesso traz os bastidores da campanha de Eparema®, que trouxe de volta as plantinhas carnívoras, agora como duas amigas. O filme mostra que o incômodo causado pela má digestão quando comemos algo que não cai bem, pode ser solucionado. O Avesso acompanhou as filmagens e mostra todos os detalhes e curiosidades dessa campanha criada pela NBS e produzida pela Vetor Zero.

A campanha de Eparema®, apresenta pela terceira vez o personagem da plantinha, que agora traz junto outra planta carnívora em uma conversa entre amigas. Para o diálogo, a agência buscou trazer reações humanas, como a ansiedade pelo começo de um relacionamento, tudo para ilustrar a eficiência do fitoterápico contra a má digestão. “É incrível a nitidez, os detalhes da plantinha, parece que você está vendo algo real”, disse ao Avesso Bruno Gallerani, Gerente de Marca OTC da Takeda.

Para os efeitos do filme, a produção utilizou um cenário bem realista através de uma maquete feita a mão pelo cenógrafo Daniel Diaz. Além disso, a história apresenta mais um elemento, que é o vagalume, para isso a equipe da Vetor Zero captou variações de luz e reproduziu depois nas plantinhas.

Em entrevista ao Avesso, a Diretora de Marketing OTC da Takeda, Laís Gouveia Rosin, fala um pouco mais sobre essa campanha, “Nesse filme o humor está sempre presente através das personagens. Procuramos humanizar a campanha trazendo uma situação que é vivida pelo consumidor”

Transcrição

Nando Cohen, Diretor – Vetor Zero: A gente está de volta com mais um filme de Eparema.

Bruno Gallerani, Gerente de Marca OTC – Takeda: É o quarto filme que a marca faz com o personagem da plantinha, na estreia nós tínhamos duas plantinhas conversando e depois a gente mudou, aí entrou novo personagem que era o sapo e agora a gente voltou usando duas amigas, duas plantinhas.

Laís Gouveia Rosin, Diretora de Marketing OTC – Takeda: A grande novidade foi a gente humanizar, a gente trazer uma situação que é da gente para a plantinha.

Carlos André Eyer, Diretor Geral de Criação – NBS: O que a gente buscou mais era a puxar reações humanas para essas plantas. Ansiedade daquele começo de relacionamento, você não sabe se liga ou se não liga, o que está acontecendo, foi o gancho aí que impacta na digestão e onde o remédio pode ajudar.

Laís Gouveia Rosin, Diretora de Marketing OTC – Takeda: Uma coisa que é importante ainda pra marca é a gente apresentar as novas embalagens, os novos sabores.

Alexandre Grynberg, Diretor de Operações – NBS: É um fitoterápico que tem os benefícios de compostos naturais, então a gente segue nessa batida de reforçar isso. Por isso a plantinha carnívora que tem sua digestão prejudicada quando come um vagalume.

Bruno Gallerani, Gerente de Marca OTC – Takeda: É incrível, a nitidez, os detalhes da plantinha, parece que vocês está vendo algo real e eles gravaram todo o cenário e aí eles inseriram os dois personagens.

Nando Cohen, Diretor – Vetor Zero: A gente produz esse cenário hiper-realista que é uma grande maquete, então a gente tem nosso parceiro que é o Daniel que monta os cenários, ele constrói todos os cenários a mão.

Daniel Diaz Fernandes – Cenógrafo: Este trabalho nós gastamos três dias. É um artesão mesmo, é o mesmo que se tivesse fazendo uma pintura, um quadro.

Nando Cohen, Diretor – Vetor Zero: Depois dessa etapa de captação do cenário, esse filme tem uma peculiaridade que é a história do vagalume, então a gente fez uma luzinha lá que pisca, então a gente capta essa variação de luz e tenta reproduzir depois para as nossas plantinhas.

Bruno Gallerani, Gerente de Marca OTC – Takeda: É uma campanha leve com brincadeiras.

Laís Gouveia Rosin, Diretora de Marketing OTC – Takeda: O humor está sempre através da história, através das personagens.

Álvaro Fernando Faria, Diretor Musical – V.U Studio: Primeiro a gente escolhe as vozes depois a gente grava, avalia, afina o texto, edita tudo, o som tem que passar todo clima do roteiro.

Laís Gouveia Rosin, Diretora de Marketing OTC – Takeda: Ao mesmo tempo que ela tem aquele ar de plantinha sacana, que gosta de tirar barato dos outros, ela tem um carisma muito grande. E nessa campanha ela está falando mais próxima ainda do público, mais próxima ainda da outra, ela interage muito mais.

Ficha Técnica
Título: Vaga-lume

Agência: NBS

Direção de criação: Carlos André Eyer, Cassio Faraco, André Lima e Pedro Feyer

Criação: Rafael de Miranda, Daniel Scheiner, Cassio Faraco e Carlos André Eyer.

RTVC: Bia Traldi e Natalia Rossi

Produtora: Vetor Zero/Lobo

Direção: Nando Cohen

Pós-produção e finalização: Equipe Vetor Zero/Lobo

Som: V.U.Studio

Planejamento: Gisela Toledo e Camila Gadelha

Mídia: Luciana Babos, Simone Orlandi e Aline Ugeda

Atendimento: Alexandre Grynberg, Paula Malvezzi e Gabriela Yamamoto

Aprovação do cliente: Laís Rosin, Bruno Gallerani e Jenniffer Santos

Nas redes sociais

 

Mais imagens:

clomid

Newsletter

Seu conteúdo | Nossa distribuição